Sábado, 21 de Junho de 2008

Homenagem aos Dr. José da Silva Fraga e Engº Francisco Costa Matos

Discurso de José Ventura - Presidente do P.D.A.

 

 

Minhas Senhoras e Meus Senhores
 
O PDA entendeu ser lógico comemorar este ano o histórico dia 6 de Junho, jornada importante na caminhada autonómica, homenageando duas pessoas que constituíram marcos dessa caminhada.
 
Nesta galeria de personalidades há, felizmente, muita gente e teremos, penso eu, muito tempo para os irmos chamando ao palco das nossas atenções. Será isto uma espécie de mostra de gratidão por aquilo que eles foram e por aquilo que eles fizeram por nós.
 
Pensamos que a data é bem escolhida pois os milhares que se manifestaram naquele dia tão importante para nós todos, não nos perdoariam se a esquecêssemos como coisa sem importância tal como o fazem tantos outros que dela se aproveitaram.
 
Não devemos esquecer tão pouco aqueles que foram perseguidos e presos por causa da Manifestação que aproveito para saudar agora, principalmente os que nos deram a honra de aqui estarem presentes nesta sala e dizer-lhes que não mereciam a desfeita que lhes fizeram no Dia dos Açores. Quando tivermos um representante na Assembleia, (e basta um!) haveremos de lavrar um protesto que fique nas suas actas para que se não dê a ideia de que todos os açorianos concordam com a indignidade que ali se cometeu.
 
Mas hoje é dia de festa e quero apenas dar a palavra aos nossos oradores. O Dr. Pereira Leite, discípulo dilecto desse grande jurista e homem público que foi o Dr. José da Silva Fraga acedeu a falar-nos do seu Mestre. Por aquele tribuno e pelos seus escritos ficámos a saber que os Açores não estão defendidos. Pelo Dr. Pereira Leite, um dos mais ilustres advogados açorianos, vamos certamente ficar a saber mais sobre esse gigante do foro, a pessoa e o profissional que foi o Dr. Silva Fraga.
 
Sobre Costa Matos vai falar Jorge do Nascimento Cabral, jornalista de palavra contundente, capaz de dizer desassombradamente o que nos vai na alma. A sua independência de espírito é garantia de que vamos ouvir aqui hoje o testemunho dum homem sem medos a falar doutro que não tinha medo de ninguém. Se ele ainda fosse deputado certamente que o dia dos Açores não teria ficado manchado como ficou.
 
Em nome da Comissão Política do PDA quero agradecer-lhes o gesto e a disponibilidade que muito nos sensibilizaram pedindo a vossa atenção para as suas palavras que irão certamente ficar nos anais dos acontecimentos relevantes no aperfeiçoamento das nossas instituições.
 
Tentamos criar aqui o ambiente que se viveu em 6 de Junho de 1975, onde se vêem homens e mulheres, velhos e novos, gritando por uns Açores diferentes. Que esse grito de alma ecoe por muitas gerações é o nosso desejo para que nunca acabe o orgulho de sermos açorianos. Nós somos um Povo que quer ser respeitado. E é por isso que nos damos ao respeito e não toleramos que nos faltem a ele.
 
Tentamos criar aqui o ambiente que se viveu em 6 de Junho de 1975, onde se vêem homens e mulheres, velhos e novos, gritando por uns Açores diferentes. Que esse grito de alma ecoe por muitas gerações é o nosso desejo para que nunca acabe o orgulho de sermos açorianos. Nós somos um Povo que quer ser respeitado. E é por isso que nos damos ao respeito e não toleramos que nos faltem a ele.
 
Tem a palavra o senhor Dr. Pereira Leite.  
 
José Francisco Nunes Ventura
Presidente do P.D.A
Ponta Delgada, 2008.06.06

 

publicado por PDA NACIONAL às 16:05
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De João a 19 de Julho de 2008 às 20:15
Sendo o único partido português que actualmente defende uma maior autonomia do território nacional, não será melhor o PDA alterar a sua via autonomista para bem da coesão portuguesa?
De Nuno Pereira a 5 de Agosto de 2008 às 14:01
O meu amigo está louco!?!!! Uma maior autonomia extensivel a todo o território (regionalização) não traria senão efeitos positivos como a homogeneidade do território e o combate à desertificação do interior. Mais seria um entrave à paratisação que a região de Lisboa faz ao restante país..Tenho dito...
De Flávio Gonçalves a 25 de Agosto de 2008 às 00:27
É com prazer que vejo que o PDA já conta com presença na Internet, uma lacuna ultrapassada.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. MOÇÃO DE ESTRATÉGIA VENCE...

. COMISSÃO POLÍTICA VENCEDO...

. PEQUENO ALOMOÇO COM A COM...

. XIV CONGRESSO - INFORMAÇÃ...

. Conferência de Imprensa -...

. ...

. OS ESTÃTUTOS DO PDA

. 30 anos de História (pel...

. O PARTIDO DEMOCRÁTICO DO ...

.arquivos

. Setembro 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Janeiro 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds